Ex-Flamengo está com câncer gravíssimo e precisa de ajuda para pagar o tratamento

Airton, ex-lateral-esquerdo que jogou com grandes nomes como Zico e Dario Pereira, está encontrando dificuldades, assim como publicado pelo blog No Mundo da Bola, de Flávio Prado. O ex-jogador de Flamengo, Vasco, São Paulo, Grêmio, entre outros, está com um câncer no colo do intestino e metástase no fígado, segundo apurado pela Gazeta Esportiva.

O filho de José Carlos Bauer, que vem ajudando a esposa de Airton, Isabel, a buscar tratamento para ele, revelou que o caso é “gravíssimo” e que o ex-jogador de 59 anos vem lidando com dores e redução nas condições de mobilidade apesar de conseguir andar. O grande desafio encontrado após conseguir o diagnóstico via consulta e exames particulares é arcar com o tratamento.

Sem convênio médico, Airton busca tratamento público e enfrenta longas filas. O prognóstico é de que ele consiga começar a quimioterapia e a radioterapia em seis meses, já que os hospitais estão cheios, no entanto “se continuar do jeito que está, ele não vai estar aqui com a gente”, afirma Bauer, que ainda ressalta a necessidade de tratamento urgente. Por meio da ajuda de um amigo, ele conseguirá iniciar os procedimentos médicos no dia 27 de novembro.

O filho o ídolo do São Paulo conseguiu ajuda do clube do Morumbi, que está auxiliando na organização de um jogo beneficente e chegou a conseguir uma internação no AC Camargo, contudo ela não foi possível porque o ex-atleta já havia dado entrada na Santa Casa. Por opção, Bauer não entrou em contato com os outros clubes em que o ex-lateral-esquerdo atuou, uma vez que a melhor medicina do país está em São Paulo.

O jogo beneficente terá toda a sua renda convertida para arcar com o tratamento do ex-jogador de 59 anos e irá contar com a presença de grandes nomes do futebol como Zetti, Dario Pereira, Muller, César Maluco, entre outros. O irmão de Zico, ex-companheiro de equipe de Airton, e atletas em atividade, como Ricardo Berna e Betão, ex-Corinthians, também estarão presentes. A expectativa é que seja arrecadado R$ 100 mil reais.

Um dos principais aliados de Isabel, o filho do meio-campista com passagens no Tricolor e na Seleção Brasileira contou que Airton está tomando um medicamento para tentar reduzir suas dores e entrar na justiça em busca uma solução não está nos planos.

Bauer, que descobriu a notícia recentemente, ainda revelou que jogava futebol com Airton. O ex-lateral parou de comparecer às partidas em março alegando que estava com infecção urinária. Ele foi deixando o problema de lado e recebeu a notícia do câncer nos últimos meses. A esperança é conseguir um tratamento para melhorar a qualidade de vida de Airton nesse quadro “complicado”.